Porque poeta, por que amigo?

Por que escreves amigo?
Escrevo em refugio
Demonstrando o que não consigo
Em palavras faladas ou em atos de sentimentos

Por que escreves poeta?
O poeta é maldito
Odeia tudo
Mas ama tudo

Por que odeia tudo poeta?
O ódio é meu refugio do amor
o protesto se concretiza
E o texto escrito está

Por que ama poeta?
Amo em refugio do ódio
Porque se não amasse nem minha causa
O texto não se concretizaria

O poeta escreve
O poeta foge
O poeta é nada
Nada sem o amor

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s